Moçarabes

MOÇÁRABES

Além dos testemunhos pré-históricos, outros objetos foram encontrados na Quinta da Torre (que pertenceu à D. Josefina da Fonseca), a quatro ou cinco metros de profundidade, como pedaços de uma lança (ponta de lança) que o arqueólogo D. Fernando de Almeida classificou como sendo de origem moçárabe, bem como duas mós, sendo uma de granito.
Na zona adjacente à quinta, mais recentemente (a quando das escavações  para passagem das condutas dos esgotos), a uma profundidade de cerca de 4 metros, foram encontradas mós de pequena dimensão (cerca de 50 cm cm) em granito.