Catraia de São Paio

(publicado por Fernando Coelho a 14/1/2018 às 22:12, e reproduzido na integra de: https://www.facebook.com/groups/385980901544787/)

= COMO NASCEU A CATRAIA DE S. PAIO = Q`al a at raya // Q`al a at raya – Mharran”// Catraia do Marrão// Catraia de S. Paio = (1)
Pelo século XI, Muçulmanos e Cristãos guerreavam-se, pelo domínio do Vale do rio Alva. Fernando Magno edificou o Castelo de Seia, em 1035. Afonso Henriques mandou construir o Castelo de Avô, em 1187, o de Coja, data de 1128 e por aí fora.. Posicionaram-se em locais estratégicos as “ Catraias”,( q`al a at raia-s) isto é casotas em madeira, colocadas em zonas estratégicas que serviam de vigia aos movimentos dos Muçulmanos. A Terra da minha infância, nasceu assim. Primeiro foi uma “ casinhota ” em madeira; cresceu e depois, mais tarde, foi chamada do “Marrão” e só no século XX , de “S. Paio”; afinal, do “ Marrão “, porquê? Estas casinhotas ou “catraias”, serviam para vigia dos “marranos ” ( mharrans) . Os “ marranos” eram “os que marravam na nossa fé “- assim nasceu o topónimo “Catraia do Marrão”, que incorporou essa alusão depreciativa a famílias Judias e Mouras que para esse Local foram viver – ( “marrão”, era um porco, impuro) – Catraia do Marrão, assim foi chamada esta Terra, pelo menos durante 400 anos ( veja doc. abaixo). Só já no século XX, os documentos se referem à nossa Catraia de S. Paio.
(1)Termos Árabes, que “verti”, do Árabe, para caracteres Latinos.
(2) Reprod. – doc. que fotocopiei em A.H. do limiar do séc XX, aonde pode ainda ler ” Catraia do Marrão”.